Dia B já arrancou no Barreiro e envolve mais de oito mil voluntários [FOTOS]

Local Últimas B Últimas C

Mais de oito mil pessoas participam na mega acção de voluntariado urbano que arrancou hoje, 19, no Barreiro e que prossegue no sábado, com intervenções nas escolas e em vários espaços públicos e de colectividades do concelho.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A iniciativa, intitulada Dia B e que vai sua sexta edição, arrancou hoje no Barreiro com intervenções nas escolas básicas e secundárias do concelho, enquanto no sábado as actividades vão decorrer no espaço público e em colectividades.

“Temos hoje a participar três dezenas de escolas, o que um recorde. Quase todas as escolas do concelho estão a participar e para além dos alunos e da comunidade educativa, também as associações de pais estão envolvidas, são cerca de 5.550 no dia de hoje”, disse Mónica Duarte, coordenador do projecto.

Numa visita a várias escolas do concelho, foi possível ver os alunos, professores, auxiliares e pais a pintar diferentes espaços, a fazer arranjos e a realizar trabalhos artísticos. As escolas estão também a receber artistas de vários pontos do país, que ajudam a construir murais.

Os alunos estão também a intervir em alguns locais públicos, como o edifício dos Paços do Concelho ou o Convento da Verderena.

“Temos mais de oito mil participantes nos dois dias da iniciativa, que envolve uma enorme logística. São dois dias de muito stress, mas o sentimento é excelente. Os projectos de intervenção são propostos pelas pessoas, escolas e associações”, explicou.

No sábado a iniciativa é aberta a todas as pessoas e cerca de 40 instituições e movimento associativo apresentaram projectos para desenvolver no dia 20 de maio.

Uma das várias acções de destaque deste ano é a criação dos Circuitos de Visitação no Barreiro Antigo.  Vai também ser pintado o muro envolvente da Santa Casa da Misericórdia e criado um circuito de identificação de espécies e algumas pinturas de manutenção no Parque da Cidade.

Vão também decorrer outros projectos em todas as freguesias do concelho, que passam por acções de limpeza e arranjos do espaço público e praias, pinturas, intervenções no espaço das colectividades ou criação de murais e outras intervenções artísticas.

“Esta é uma grande equipa que foi crescendo. Este dia não é só para resolver os problemas da cidade, mas para fortalecer um conceito que o Barreiro é nosso e que tem que ser construído e defendido por todos. Mais do que a obra física, fica o sentimento de participação”, disse Carlos Humberto, presidente da Câmara do Barreiro.

A vice-presidente, Sofia Martins, afirmou que o Dia B é já uma marca, considerando uma iniciativa importante de envolvimento das pessoas na vida do concelho.

“Agradeço o apoio de todos os parceiros. A amizade é o espírito do Dia B”, concluiu.

Deixe uma resposta