Mundet Factory dá novo sabor aos refeitórios da antiga fábrica no Seixal

JOÃO MACEDO. O chef, que se tornou conhecido no programa de cozinha da TVI, é especialista em worldfood
Regional C Sociedade B

Da antiga fábrica corticeira Mundet, aberta no Seixal pela L. Mundet & Sons em 1905 e desactivada em 1988, ficaram, entre outros espaços, os seus emblemáticos refeitórios. Foi lá que João Macedo, empresário e ex-concorrente do concurso televisivo MasterChef (TVI), cumpriu o sonho de abrir o primeiro restaurante de autor – “com pratos do mundo e comida típica portuguesa, e a apresentação das novas tendências de cocktails, acompanhados por uma grande oferta cultural e musical”.

 

A carta é uma viagem pelos sabores do mundo – a começar pelas pizzas na lenha, passando pelo gravlax de salmão, prato sueco, até ao naco com molho chimichurri, tradicional argentino, pelos tacos mexicanos e pelo khao pad, característico da gastronomia tailandesa – e harmoniza com um leque de vinhos de produtores nacionais e internacionais.

No Mundet Factory existe também um bar e esplanada, em que não faltam cocktails com mixologia moderna, sumos detox e uma carta com mais de vinte referências de gin. Tudo pensado ao pormenor por João Macedo, especialista em worldfood, com formação em gestão hoteleira e que já foi chefe de sala em hotéis e gerente de restaurantes.

O espaço, inaugurado em Dezembro, mantém ainda muitos elementos originais da antiga fábrica corticeira, que chegou a ser a maior do sector a nível mundial. Em 1996, a unidade foi adquirida pela Câmara Municipal do Seixal, que a transformou num pólo cultural e museu. Explore as fotografias abaixo para saber mais.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Anabela Oliveira/D.R.

Deixe uma resposta