Agressões em jogo de Juvenis em Setúbal terminam com um ferido

Local Últimas C

Jogador  de 15 anos, do Sonho XXI, foi agredido por outro, da mesma idade, de ‘Os Amarelos’ e teve de ser conduzido ao Hospital de São Bernardo. Polícia tomou conta da ocorrência. GD Amarelos expulsou imediatamente o agressor e suspendeu um outro e afirma que “o peso da derrota nunca será tão grande como o peso da vergonha” por atitudes destas

 

Um jogador do Sonho XXI Futebol Clube, das Pontes, ficou ferido e foi transportado ao Hospital de São Bernardo, para ser assistido, depois de ter sido agredido, dentro de campo, por um jogador adversário, do Grupo Desportivo ‘Os Amarelos’, ontem de manhã, domingo, em jogo para o Campeonato Distrital de Juvenis da 3ª Divisão – Série ‘C’, competição organizada pela Associação de Futebol de Setúbal.

O jovem ferido, de 15 anos de idade, foi assistido no hospital mas teve alta no mesmo dia. A Policia de Segurança Pública esteve no local e tomou conta da ocorrência.

Segundo a direcção dos Amarelos, o caso, que o clube repudia, surgiu no seguimento de um desentendimento entre os dois jogadores.

“Foi em resultado de uma disputa de bola, que um nosso atleta agrediu um outro. Não são atitudes dos atletas do clube, é um caso isolado, mas que repudiamos. O atleta foi de imediato expulso [do clube].”, disse Nuno Guerreiro Soares ao DIÁRIO DA REGIÃO.

Logo após o jogo, a direcção dos Amarelos enviou um comunicado, ao presidente do Sonho XXI e à Associação de Futebol de Setúbal (AFS), a lamentar e repudiar o sucedido e informando que o jogador, Carlos Vale, foi imediatamente castigado, com expulsão do clube, e um outro atleta foi suspenso.

 

Comunicado de ‘Os Amarelos’ na íntegra

“Os momentos que ocorreram, em nada representam tudo aquilo que somos enquanto “Os Amarelos”. Mas nada é motivo para que as cenas vergonhosas que ocorreram hoje tenham legitimidade para acontecer.

A agressão do atleta do GDA, a um atleta do Sonho XXI, bem como as atitudes de outros atletas que fazem parte do grupo, não são toleráveis por esta direcção. Mais intolerável é o fato de qualquer atleta do clube, seja homem ou mulher, tenha a idade que tiver, agrida algum elemento da equipa de arbitragem ou adversário.

O incidente ocorrido envergonha todos ‘Os Amarelos’, envergonham todos os que acreditam no desenvolvimento do Futebol Juvenil e de Formação no Clube.

A Associação de Futebol de Setúbal aplicará o castigo que achar ser o correto, aplicando desde já a direcção do G. D. ‘Os Amarelos’ por comportamento incorrecto do atleta identificado (instaurando um processo disciplinar) e suspendendo o atleta que agrediu a o atleta do Sonho XXI Futebol Clube de representar o G. D. ‘Os Amarelos’.

A direcção tudo tem feito para criar condições para que o futebol juvenil/formação possa crescer dentro do G. D. ‘Os Amarelos’, melhorou as condições logísticas para o grupo de trabalho, apoia como pode o Departamento de Futebol Juvenil. O acontecimento de hoje fez com que a equipa de Juvenis fosse repensada dentro do clube.

A direcção do G. D. ‘Os Amarelos’ tem orgulho nas atletas que representam o espirito do que é ‘Os Amarelos’, temos a consciência que tudo dão em campo pelo emblema que carregam ao peito, e como tal, não podemos aceitar que quem não é capaz de respeitar o nome do G. D. ‘Os Amarelos’, a história sexagenária do clube, a memória de todos os que se sacrificaram pelo G. D. ‘Os Amarelos’, saia impune e continue a envergar a camisola “Amarela e Azul”.

Assim, somos a informar que o atleta Carlos Vale foi expulso do grupo de trabalho por agressão ao atleta do Sonho XXI Futebol Clube, sendo também punido com suspensão por tempo indeterminado outro atleta do grupo de trabalho e a não participação dos “Juvenis” no Torneio Complementar de Juvenis na presente época desportiva.

Mais informamos que esta direcção não será conivente com nenhum atleta do clube que tenha as mesmas atitudes.

O peso da derrota nunca será tão grande como o peso da vergonha pelas atitudes acima referidas.”

Deixe uma resposta