Vitória derrotado pelo Boavista com golo de penálti

Desporto Últimas C

Depois de três triunfos consecutivos em jogos oficiais (dois na Taça da Liga e um no campeonato), o Vitória perdeu esta noite, por 1-0, diante do Boavista, em partida da 16.ª jornada da I Liga de futebol. O golo dos axadrezados, que acabou por fazer a diferença no jogo, foi apontado por Fábio Espinho, de grande penalidade, aos 27 minutos.

Depois do esforço despendido na quarta-feira diante do Sporting (triunfo sadino por 2-1), que valeu o apuramento para a final-four da Taça da Liga, os comandados de José Couceiro falharam o reencontro, dois meses depois, com os êxitos fora de portas. A jogar em casa, o Boavista entrou forte, criando desde o apito inicial dificuldades aos verdes e brancos.

O Vitória acusou a pressão exercida pelos boavisteiros cometendo erros que permitiram ao oponente acercar-se em várias acusações da baliza defendida por Bruno Varela. Num desses lances, Vasco Fernandes, centra adaptado a lateral-direito, derrubou um adversário no interior da área. Na grande penalidade, Fábio Espinho levou a melhor sobre o guarda-redes Bruno Varela e fez o único golo da partida.

Já sem o André Geraldes e Ryan Gauld, atletas que foram resgatados pelo Sporting, Vasco Fernandes e Vasco Costa, respectivamente, foram as soluções encontradas para colmatar as ausências. De resto, no duelo da Taça da Liga com os leões, a dupla de ‘Vascos’ já tinha actuado no lugar de Geraldes e Gauld.

Com este resultado, O Vitória interrompeu uma série de três triunfos seguidos em todas as competições e caiu para o 11.º lugar, com 19 pontos, enquanto o Boavista somou, pela primeira vez na presente temporada, dois triunfos consecutivos no campeonato, subindo ao nono lugar, com 20 pontos.

Deixe uma resposta