Porto de Sines reforça capacidade de movimentar mercadoria com nova grua

Empresas Local Regional

Equipamento tem capacidade para elevar 124 toneladas e movimentar 1 500 toneladas por hora. Ao mesmo tempo a administração anunciou que em 2017 vai disponibilizar aos clientes a factura electrónica

Uma nova grua, que pode movimentar até 1 500 toneladas de mercadoria por hora, foi instalada no terminal multipurpose do Porto de Sines, para reforçar a capacidade de movimentação de carga, anunciou hoje, 28, a administração portuária.

O novo equipamento permite, segundo a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS), a movimentação de carga geral e de granéis sólidos de forma “mais eficiente”, contribuindo o investimento para o “aumento da produtividade portuária”.

Designada como “Liebherr LHM420”, a grua chegou ao Alentejo transportada no navio “Rolldock Sun” e tem capacidade para elevar 124 toneladas e movimentar 1 500 toneladas por hora, permite a movimentação de mercadorias até 44 metros de altura e 14 metros abaixo do cais, com uma amplitude de alcance entre os 10,5 e os 48 metros.

O terminal multipurpose, concessionado à empresa Portsines, é um dos cinco terminais marítimos do Porto de Sines, sendo, segundo a APS, uma “infra-estrutura polivalente”, vocacionada para a movimentação de granéis sólidos e de carga geral.

O porto de Sines tem cinco terminais marítimos vocacionados para diferentes tipos de mercadoria: um terminal de contentores, um de gás natural, um de granéis líquidos, um petroquímico e um de granéis sólidos (multipurpose).

A APS anunciou também, em comunicado, que vai passar a disponibilizar aos clientes, a partir de 2017, a possibilidade de receber as facturas em suporte electrónico, algo que vai permitir uma “redução do consumo de papel”, a “simplificação do processo de facturação” e “melhorar o desempenho dos processos administrativos”. A adesão à factura electrónica depende, informou a administração portuária, da “formalização de um acordo entre a APS e cada cliente”.

DIÁRIO DA REGIÃO com Lusa

Deixe uma resposta