Vitória de gala vence Tondela no Bonfim

Desporto B

O Vitória deu ontem uma prenda de Natal antecipada aos seus adeptos ao vencer, por 3-0, o Tondela em partida da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. O triunfo no Estádio do Bonfim permitiu à equipa treinada por José Couceiro subir à nona posição da tabela classificativa. O defesa dos beirões Pica, com dois autogolos, e João Amaral foram os marcadores de serviço.

Após a eliminação na Taça de Portugal (0-1 com Sporting) e a derrota no campeonato em Guimarães (3-1), os sadinos entraram determinados a reencontrar os êxitos. Edinho, num cabeceamento aos 14 minutos, ameaçou a baliza defendida por Cláudio Ramos, que nada podia fazer para travar o remate do avançado.

Com ambas as equipas a visarem as balizas contrárias – o Tondela dispôs de lances perigosos por Murillo e Moreno, acabou por ser o Vitória a celebrar graças a uma infelicidade de Pica. Pressionado por Edinho, o central introduziu a bola na própria baliza aos 36 minutos.

Os forasteiros acusaram o golo e os setubalenses aproveitaram para ampliar a vantagem para 2-0 antes do intervalo. O extremo João Amaral, assistido por Ryan Gauld, rematou forte e colocando fuzilando o guardião Cláudio Ramos.

Os comandados de José Couceiro rubricaram um excelente segundo tempo frente a um Tondela que se mostrou perdido em campo. O resultado só não foi ampliado porque os remates de Ryan Gauld (50 minutos) e Edinho (55 e 64) acertaram no ferro da baliza beirã.

Depois dos sérios avisos, o Vitória foi recompensado pelo futebol de qualidade praticado com a mesma receita com que inaugurou o marcador. Aos 73 minutos, Edinho pressionou Pica e o defesa tondelense voltou, desta vez de cabeça, a introduzir a bola na própria baliza. Até ao apito final, os setubalenses controlaram as operações e seguraram a vantagem de 3-0.

Deixe uma resposta