Festa de Natal do St. Peter’s Internacional School recria clássico “A Branca de Neve e os Sete Anões”

Sociedade

Valores como o amor, a amizade e a partilha marcaram os momentos musicais protagonizados pelos alunos do Jardim de Infância e 1º ciclo

 

A Casa da Cultura da Baía do Tejo, no Barreiro voltou a encher-se de luz, som, cor, música e muita animação para receber mais uma Festa de Natal do St. Peter’s School, em Palmela. Mais de 1500 pessoas, entre familiares, amigos e funcionários do colégio privado estiveram presentes para assistir às performances musicais e cénicas do conjunto das turmas do Jardim de Infância e 1º ciclo. No total, subiram ao palco cerca de 420 crianças.

Com o objectivo de individualizar cada um dos ciclos de ensino, a festa dividiu-se em duas partes, sendo a primeira da responsabilidade das crianças do Jardim de Infância e a segunda a cargo dos alunos do 1º ciclo. O início da tarde da passada quarta-feira começou com a actuação dos mais pequenos.

‘Let’s Catch the Santa!’ foi o nome dado ao primeiro espectáculo, acompanhado de uma forte componente visual. Cowboys, renas, duendes e fadas foram os grandes protagonistas dos vários quadros musicais cantados exclusivamente em inglês. Todas as músicas foram acompanhadas ao vivo pela voz dos alunos do Drama Club, grupo artístico do colégio, que colaborou na apresentação.

A segunda parte do espectáculo coube aos alunos mais velhos, que apresentaram a adaptação teatral do clássico da Disney da Branca de Neve e os Sete Anões. Idealizado pelo professor Sérgio Alves, coordenador do Drama Club e actual semi-finalista do programa de talentos da RTP1, The Voice Portugal, o espectáculo ‘Christmas Snow White and the Seven Dwarfs’ narrou a história da Disney adaptada à quadra natalícia. Uma madrasta vaidosa, que deseja ser a mais bela, manda os fiéis caçadores do palácio afastar Branca de Neve do reino encantado, ameaçando acabar com o Natal de todas as criaturas mágicas. A doce princesa refugia-se na floresta, na casa de uns simpáticos anões e ajuda-os a preparar o melhor Natal de sempre. Durante mais de duas horas e meia, as crianças disfarçadas de duendes, fadas, princesas, caçadores e anões transmitiram valores como a amizade, o amor, a bondade, a honestidade, a humildade, a partilha, a entre-ajuda, a superação, entre outros. No fim, o bem triunfou sobre o mal com a jovem Branca de Neve a quebrar o feitiço, libertando o espelho mágico e proporcionando um Natal doce e harmonioso aos seus súbditos.

Mais uma vez, a peça contou novamente com a participação tanto ao nível da representação como da música, dos alunos do Drama Club, sendo as performances enriquecidas com actuações de ballet, sevilhanas e dança contemporânea, da responsabilidade da bailarina Kelly Nakamura. A escolha dos temas das peças resultou num brainstorming realizado no início do ano lectivo, a seguir ao Family Day, que tal como a Festa de Natal representa outra das iniciativas mais importantes do calendário anual de actividades do colégio. A importância da família é um dos valores que o colégio procura transmitir aos seus alunos. Prova disso foi o facto do recinto do auditório estar practicamente lotado de familiares, que mesmo sendo dia de semana e trabalho para a maioria deles, fizeram questão de apoiar as crianças no momento de encerramento do primeiro período lectivo.

No final da festa, Isabel Simão, directora pedagógica da instituição de ensino particular mostrou-se muito satisfeita com o resultado final. “Acho que correu tudo muito bem. Fazemos todos os anos neste auditório, porque é único nos arredores de Setúbal com capacidade para 900 pessoas”, frisando o envolvimento da comunidade escolar e dos familiares na preparação do espectáculo.

Segundo Isabel Simão, os preparativos começaram com um mês de antecedência, sendo o principal objectivo da festa a transmissão de valores indispensáveis à vida em sociedade. “Além das aulas, a missão do colégio é sobretudo de carácter humanista. Queremos que os alunos se tornem bons cidadãos”, afirmou a directora pedagógica. Actualmente, com 26 anos de existência, o St. Peter’s Internacional School conta com 1100 alunos, tendo como principal bandeira a aposta desde tenra idade na língua inglesa. O projecto educativo do colégio caracteriza-se por um modelo pedagógico assente num currículo bilingue (português-inglês), privilegiando uma educação personalizada, formação humana orientada para os valores e um ensino de qualidade superior.

Deixe uma resposta