Visitas à Cripta de Alcácer do Sal aumentam 50% em três anos

Local C Sociedade B video

Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal é cada vez mais procurada por visitantes estrangeiros

O número de visitantes da Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal aumentou 50% no espaço de três anos.
De acordo com os últimos dados, revelados pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, 6.132 pessoas visitaram a cripta até Outubro do presente ano, o que compara com as 4.771 pessoas que visitaram aquele monumento em 2013.cripta-arqueologica-limpeza-08-04-2015-006

Logo em 2014  registou-se um aumento (5.868 pessoas) e  em 2015 já foram mais de 6 mil visitantes.

O número de turistas estrangeiros também aumentou este ano. Espanhóis, franceses e ingleses são aqueles que mais têm visitado a Cripta, que tem sido mais procurada em 2016 também por estudantes.

As pessoas com idades entre os 40 e os 60 anos são as que mais procuram aquele espaço, seguidas da faixa etária com mais de 60 anos de idade. De acordo com os dados estatísticos a população com idade compreendida entre os 20 e os 40 anos é a que menos visita o monumento, mas tem vindo a aumentar a procura desta faixa etária ao ex-libris da cidade de Alcácer do Sal.

cripta-arqueologica-limpeza-08-04-2015-108A Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal desenvolve-se num espaço intimista, subterrâneo, que mostra os milénios de história alcacerense, desde a Idade do Ferro, passando pelos período Romano, Islâmico, Idade Média Cristã e fase Conventual.

Nos corredores que se desenrolam em forma de claustro subterrâneo, gémeo do claustro conventual das clarissas existente à cota da superfície da pousada, está um conjunto de vitrinas que convidam a admirar as peças mais relevantes desde a etapa Islâmica e Romana até à Idade do Ferro.

Deixe uma resposta