Casal que tinha plantação de canábis no sótão detido pela polícia

Local Últimas B

Um casal que tinha uma plantação de canábis no sótão da sua casa, na zona de Sesimbra, foi detido por suspeita de tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida, anunciou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

A detenção do homem e da mulher, com idades entre os 36 e os 37 anos, foi o culminar de uma investigação iniciada há três meses, adianta a PSP em comunicado.

No decurso da investigação, houve a suspeita “ que um casal na zona de Sesimbra procedia ao cultivo de plantas de canábis”.

Desta forma, foi iniciada uma operação policial com vista à detenção em flagrante delito dos suspeitos, bem como o desmantelamento da rede de cultivo da planta.

“Assim, foi possível detectar que o sótão da casa dos suspeitos encontrava-se totalmente transformado numa estufa, onde eram plantadas, cultivadas e colhidas diversas plantas”, adianta a PSP.

No decorrer da operação, foram apreendidas 3.110 doses de Liamba, uma espingarda de calibre 12, diversas plantas de canábis, um moinho, uma balança de precisão e uma estufa.

Os detidos foram presentes no Tribunal de Sesimbra, que lhes aplicou o Termo de Identidade e Residência como medida de coação.

Deixe uma resposta