João Afonso assume candidatura à Câmara do Montijo pelo PSD

Local

Notícia foi avançada pelo DIÁRIO DA REGIÃO a 22 de Julho e agora confirmada pelo próprio. Proposta recolheu unanimidade em reunião da Comissão Política Distrital alargada

MÁRIO RUI SOBRAL

João Afonso vai ser o candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal do Montijo nas eleições autárquicas de 2017, tal como o DIÁRIO DA REGIÃO havia noticiado em primeira-mão, na edição impressa de 22 de Julho último. O nome do social-democrata foi proposto e aprovado, por unanimidade, em reunião da Comissão Política Distrital do partido, que teve lugar no passado dia 17, em Setúbal, uma semana depois de também ter registado igual consenso na secção concelhia montijense.

“Confirmo que o meu nome foi votado por unanimidade nessa reunião da Comissão Política Distrital alargada – aberta também a todos os presidentes das secções do Distrito – como já havia sido, de igual modo, uma semana antes, na secção do Montijo”, disse João Afonso ao DIÁRIO DA REGIÃO. “Neste momento, o que mais me motiva é trabalhar para apresentar um programa político com uma estratégia global que possa transformar o Montijo a médio e longo prazo. Estamos a trabalhar em medidas estruturantes”, admitiu o social-democrata, recusando-se a adiantar mais pormenores, até porque, ressalvou, ainda falta receber luz verde da Comissão Política Nacional do partido. Porém, depois de ter recolhido consenso na secção e na distrital, a aprovação pela Comissão Política Nacional não constituirá mais do que o cumprimento de uma mera formalidade.

Nuno Canta pelo PS e Carlos Jorge Almeida pela CDU

No Montijo, estão assim já definidos os cabeças-de-lista de dois dos três partidos que compõem o actual executivo camarário. Além da confirmação de João Afonso pelo PSD, é também dado adquirido que o presidente da autarquia, Nuno Canta, eleito pelo PS com maioria relativa nas últimas autárquicas, se irá recandidatar. De resto, foi o próprio autarca – que preside também à Comissão Política Concelhia do Montijo dos socialistas – a admiti-lo, em plena reunião pública do executivo camarário, em resposta a uma intervenção do vereador da CDU, Carlos Jorge de Almeida. “Terá de esperar pelas próximas eleições autárquicas e eu lá estarei a disputá-las”, garantiu, então, Nuno Canta ao autarca da CDU.

CDU que, apesar de ainda não ter anunciado quem irá apresentar como cabeça-de-lista, muito dificilmente deixará de recandidatar Carlos Jorge de Almeida. O comunista, nas autárquicas anteriores, alcançou um resultado que agradou e motivou a CDU, que voltou a ser a segunda força mais votada no concelho. Sintomático também não deixa de ser o facto de Carlos Jorge de Almeida ter fixado recentemente residência no Montijo, tal como o comunista anunciou na página pessoal que tem no Facebook.

Montijo, conforme o DIÁRIO DA REGIÃO também já havia avançado oportunamente, é o primeiro dos 13 concelhos do Distrito a ter praticamente definidos os cabeças-de-lista dos partidos que integram o executivo camarário.

Deixe uma resposta