Bruno Varela: “Se empatarmos com o Sporting não será mau”

Desporto

Guarda-redes Bruno Varela quer ajudar Vitória a voltar a roubar pontos aos grandes

 

Após duas derrotas consecutivas – ambas por 1-0 com o Rio Ave (no campeonato) e o Varzim (Taça da Liga) –, o Vitória vai tentar este sábado,  às 18h15, na visita ao Estádio de Alvalade, tentar reencontrar os resultados positivos diante do Sporting, em jogo da 12.ª jornada da I Liga. Tal como fizeram com o Benfica e FC Porto esta época, respectivamente empates 1-1 e 0-0, o guarda-redes Bruno Varela acredita que os sadinos podem voltar a roubar pontos a um grande.

 

Depois de travar o Benfica e o FC Porto, acredita que o Vitória pode este sábado roubar pontos ao Sporting?

Como é óbvio, esse é o nosso objectivo. Entramos em todos os jogos para poder, no mínimo, pontuar. Se ganharmos, melhor, se empatarmos não será muito mau. O facto de termos empatado com o Benfica na Luz e com o Porto, no Bonfim, não significa que vamos tirar pontos ao Sporting. Não vamos por essa lógica. Temos os nossos objectivos e confiança em nós próprios.

Pode a equipa inspirar-se na exibição que Bruno Varela fez com o Benfica e que contribuiu para o empate (1-1) na Luz?

Não nos podemos basear nisso, mas sim no colectivo. Nesse jogo não foi só eu que joguei. Fomos fortes e solidários e não foi por uma exibição individual que obtivemos um resultado positivo,

Após duas derrotas consecutivas, como está o ambiente da equipa?

É o mesmo. Queremos melhorar a cada jogo. Os dois últimos resultados não foram positivos, mas temos noção do que valemos. Com o Rio Ave não fizemos um bom jogo e com o Varzim fomos superiores mas não conseguimos ganhar. Vamos tentar corrigir com o Sporting o que fizemos mal. Temos valor e qualidade e já o demonstrámos. Vamos procurar não cometer os mesmos erros.

As cinco baixas que a equipa tem para este jogo (André Geraldes, Gorupec, Nuno Pinto, Fábio Pacheco e Ryan Gauld) deixam-se fragilizada?

Não. Por alguma razão temos um plantel longo. Quando isso acontece o mister tem de ter confiança em todos os jogadores, independentemente do onze que se apresente em Alvalade. Vão ser jogadores confiantes e com vontade de se mostrar.

Quais são os pontos fortes do adversário?

Basicamente tudo. A equipa do Sporting tem muita qualidade, grandes jogadores e luta pelo título, isso diz tudo. São fortes no ataque, defesa, meio-campo, nas transições e bola paradas. Tem um treinador que sabe o que faz. Temos de ter cuidado com tudo o que vem do Sporting e estar preparados para isso.

No espaço de um mês vão fazer três jogos com o Sporting. Se pudesse escolher qual deles ganhar, qual seria?

Escolheria os três. São todos de igual importância, por isso, gostava de ganhar no campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga.

Como viveu a tragédia com o acidente que transportava o avião da Chapecoense?

Foi uma tristeza enorme. Eram nossos colegas de profissão e vossos [dos jornalistas] também. É difícil explicar. Todos nós que fazemos viagens estamos sujeitos a isso. Agora resta tentar confortar as famílias que perderam pessoas nessa tragédia.

Deixe uma resposta