PJ detém grupo que se dedicava ao furto de caixas multibanco

Regional Últimas B

A Polícia Judiciária deteve  17 pessoas e desmantelou uma organização criminosa que, a partir da Grande Lisboa e Península de Setúbal, se dedicava à prática de furtos a caixas multibanco através de explosão, anunciou a PJ.

Segundo o comunicado da Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo (UNCT) da PJ, no decurso da operação foram detidos 17 suspeitos de diversas nacionalidades, com idades compreendidas entre os 22 e os 61 anos, alguns com antecedentes no âmbito da criminalidade violenta.

Na operação “Caixa Automática” foram igualmente apreendidos “relevantes elementos de prova, várias viaturas automóveis, motociclos e inúmeros objectos produto do crime”, acrescenta a PJ.

Na passada semana foram registados diversos assaltos a caixas multibanco na região, com recurso a gás. Os casos ocorreram no Samouco, concelho de Alcochete, na Charneca da Caparica, em Almada, e no Pinhal Novo, em Palmela.

Deixe uma resposta